terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

O elefantinho

Onde vais, elefantinho
Correndo pelo caminho
Assim tão desconsolado?
Andas perdido, bichinho
Espetaste o pé no espinho
Que sentes, pobre coitado?

_ Estou com um medo danado
Encontrei um passarinho!

Vinicius de Moraes

3 comentários:

  1. Olá.

    Vim conhecer o seu espaço de sonhos e sentimentos.

    Encontrei um jardim de ternura,
    que sem sofrer desvios,
    iluminou meu coração com as cores
    da inocência.

    Uma semana de paz para ti.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá Aloisio, adorei sua visita! Obrigada pelo poema, abraços

    ResponderExcluir